A Torcida Uniformizada dos Imbatíveis (TUI), principal torcida organizada do Vitória, pediu em nota a renúncia do presidente do clube, Paulo Carneiro, após o dirigente disparar um áudio criticando o grupo.

“De início, se tem algo que devemos concordar com o incompetente, truculento e prepotente, atual ‘gestor’ do Vitória, é que a diferença entre nós e ele é gigante”, diz, ao elencar diversos pontos de diferença entre eles, como o caso que PC colocou o próprio clube na Justiça e o mais recente caso envolvendo a empresa Vitória S/A.

“Nós nunca criamos empresas fantasmas para tentar enganar a justiça e arrancar dinheiro do Vitória, como foi relatado pela própria justiça na última semana”, conta.

“Essas diferenças realmente são gigantes.
Nós podemos bater no nosso peito, verdadeiramente rubro-negro, e dizer que nós vivemos para o Vitória e não do Vitória. Já, o minúsculo ‘gestor’ do Vitória, tem essa mora?”, questiona.

A TUI ainda chamou PC de “hipócrita que tem a coragem de nos rotular como violentos, mesmo depois do Clube ser penalizado com uma multa de R$ 61mil pela patética cena protagonizada pelo violento e desequilibrado ‘gestor’, que deveria estar sob o efeito de um whisky, que é de seu costume beber, durante o horário de trabalho, enquanto assistia mais uma humilhação, protagonizada por sua gestão”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.