Da Redação

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que apura as omissões do governo Bolsonaro no combate à pandemia, protocolou na tarde desta segunda-feira (31) requerimento para convocar o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, para que ele preste depoimento sobre a realização da Copa América no Brasil.

Randolfe quer que o dirigente fale sobre as condições que o país teria de realizar o torneio de futebol em meio ao evidente descontrole da pandemia, com a iminência de uma terceira onda. “Não temos a menor condição de sediar uma Copa neste momento de pandemia no país! Sou amante do futebol, mas sou defensor da VIDA! Se o Presidente tivesse tido essa agilidade p/ responder à Pfizer como foi com a Conmebol, certamente poderíamos estar recebendo esse evento”, disse Randolfe.

“Foram nove meses para responder a Pfizer e trinta minutos para responder a Conmebol. São bem estranhas as prioridades deste governo no enfrentamento da Pandemia da COVID-19”, destacou o senador.

Leia também:

“Estado que já cancelou o São João não pode permitir Copa América”, diz Félix



www.todabahia.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.