Tite entra em colisão com presidente da CBF e pode deixar Seleção Brasileira

Da Redação

O técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Tite, tem se mostrado solidário aos seus jogadores, que não querem participar da Copa América no Brasil, justamente num momento em que a pandemia de Covid-19 se alastra, com a iminência da chegada de uma terceira onda.

O posicionamento levou o treinador a bater de frente com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo. De acordo com o portal Terra, o dirigente estaria decidido a afastar Tite do cargo.

O técnico, no entanto, pode se antecipar à decisão e se desligar da CBF após a partida de terça-feira (8), contra o Paraguai, em Assunção, pelas eliminatórias do Mundial do Catar. Ele mesmo já prometeu se pronunciar sobre os últimos acontecimentos tão logo termine o jogo com os paraguaios.



www.todabahia.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *