thonnya3
Fonte: Reprodução / Conmebol

O Bahia perdeu por 4 a 2 para o Montevideo City Torque e encerrou sua participação na Sul-americana. A partida foi marcada por duas expulsões de atletas tricolores e de um da equipe uruguaia.

Em entrevista após a partida, o meia-atacante Thonny Anderson, autor do primeiro gol do jogo, afirmou ter visto uma arbitragem “confusa” em Pituaçu.

“Fizemos um bom jogo. Infelizmente, na minha visão, o árbitro esteve confuso, atrapalhou nossa equipe com uma expulsão, ao meu ver, indevida. Fizemos uma boa partida, buscamos o gol e o ataque a todo momento. Nem mesmo com dois a menos recuamos e, na medida do possível, continuamos buscando o triunfo. Infelizmente não veio, mas é pegar como lição e levar para o Brasileiro”.

Eliminado da Sul-americana, o Bahia tem Série A e Copa do Brasil pela frente. Com a estreia no Brasileirão marcada para o final desta semana, o jogador garante que a equipe está confiante para obter resultados positivos.

“Avalio com uma visão muito boa, com ótima expectativa. O grupo é qualificado, como já demonstramos nesse primeiro semestre, tanto que fomos campeões da Copa do Nordeste, que é uma competição extremamente difícil. O grupo vem crescendo a cada momento, a cada partida, então estamos muito confiantes e com expectativa muito boa para Brasileiro e Copa do Brasil. Estamos bem focados e cientes do que temos que fazer”.

Como explicar a derrota para o City Torque?

“Explicar derrota sempre é muito ruim, mas é buscar o que a partida nos trouxe de pontos positivos e também o que não foi de tão positivo para trabalhar em cima e não repetir. É seguir a vida, temos o Brasileiro todo pela frente. Dado vai pegar tudo o que foi válido nesse primeiro semestre, o que não foi vai tentar trabalhar. Temos uma história para construir juntos no Brasileiro e Copa do Brasil”.



www.ecbahia.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.