Sem anunciar, Bahia tem diretor-geral contratado desde setembro

Clique aqui e se inscreva no Canal ecbahiapontocom no Youtube!
-->


Fonte: Divulgação / EC Bahia

A entrevista concedida pela representante do Rossi, Carina Magnabosco, levantou dúvidas sobre quem seria Eduardo Gadelha, o diretor que conduziu as conversas sobre o contrato do atacante.

Trata-se de um profissional que atua ao lado da Diretoria Executiva como diretor-geral.

Contudo, nem o nome do profissional consta na lista de funcionários e nem mesmo a função de “diretor-geral” consta nas seções de transparência do site oficial do clube.

Segundo informa o portal Info Bahêa, Eduardo Gadelha está trabalhando ao lado de Guilherme Bellintani e Vitor Ferraz desde o mês de setembro. Portanto, há aproximadamente quatro meses.

Segundo a assessoria de comunicação tricolor, o profissional não foi anunciado publicamente devido a políticas internas.

O mesmo ocorreu com o diretor de mercado Ricardo Martins, que teve sua contratação e sua demissão conhecidas somente através da imprensa, sem nenhuma nota do clube.

Na direção-geral do clube, Eduardo Gadelha tem participado diretamente de decisões junto aos membros da Diretoria Executiva, assumindo atribuições importantes que o cargo exige dentro de uma instituição.

De acordo com o Estatuto, um profissional deste cargo deve executar papéis nos setores administrativo, financeiro e estratégico, bem como funções delegadas ao presidente e que podem ser realizadas pelo diretor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *