Brasília está muito bem representada nos tatames. Neste último final de semana, a Seleção Brasiliense de jiu-jítsu fez a sua estreia como equipe durante o Abu Dhabi Grand Slam, realizado no Rio de Janeiro. Ao todo, dos oito competidores que representaram o DF, três subiram ao pódio e todos se mantiveram entre os 10 primeiros em suas categorias.

Um dos medalhistas foi o capitão da equipe e presidente da Federação de Brasiliense de jiu-jítsu Desportivo (FBJJD), Kiko Santoro. Tricampeão da competição, Kiko revelou as dificuldades que enfrentou na edição deste ano para garantir o bronze e o nível técnico dos adversários que participaram da disputa.

“Após seis lutas com o meu dedo quebrado, ainda consegui trazer o bronze de um campeonato tão importante com esse nível mundial. O time estava muito bem preparado, o nível da competição estava altíssimo, havia categoria que tinham mais de 65 inscritos e nossos atletas conseguiram estar entre os cinco melhores do planeta. É uma história marcada no jiu-jítsu de Brasília”, destacou o presidente da FBJJD.

Além de Kiko, Windson Alves, na categoria até 94 quilos, e Cauê Rodrigues, na categoria até 84 quilos, também garantiram uma medalha de bronze no torneio.

Cauê revela que desde os 14 pratica jiu-jítsu e que já competiu em diversos campeonatos. Hoje aos 30, ele revela que teve o seu melhor resultado neste torneio. Para ele, a mescla de gerações que a seleção conseguiu reunir e a chance de poder representar Brasília tiveram influencia direta no resultado.

“Foi a melhor viagem que já fiz para competir. Coincidiu de ser justamente a minha melhor performance. Estou feliz demais em poder adicionar essa medalha no meu currículo e em poder representar minha cidade, isso me motivou muito mais que o normal. Poder levar o nome da cidade em um dos principais torneios do mundo foi fantástico”, detalhou o atleta.

Windson revelou que voltou para as competições depois de dois anos afastado. Em seu primeiro Grand Slam, garantiu o bronze. Ele avaliou o desempenho da seleção na estreia como equipe.

“Eu estou feliz com meu desempenho, com os resultados da equipe. É claro que todos gostaríamos de sermos campeões, todos. Todos deram o seu melhor, deu o sangue. Ganhamos experiência, vamos ajustar o que tivermos para melhorar para conquistar ainda mais coisas daqui em diante”, comentou.

Com o resultado, os três participarão da competição marcada para o dia 15 de novembro como convidados. Além deles, Diego Pereira e Yan Lucas, que ficaram com a 4ª colocação em suas categorias, e Leonardo Oliveira, que garantiu o 5º lugar, também estão classificados para a etapa. Bernando Gouveia também integrou o time e garantiu a 6ª colocação na competição.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.