Da Redação

A partir desta temporada, o Bahia não vai contar mais com o time de aspirantes, segundo informou o presidente do clube, Guilherme Bellintani, em entrevista coletiva realizada na quarta-feira (5).

Segundo o dirigente, a equipe de transição vai ser unificada ao plantel profissional em fevereiro. O time atuava pelo Esquadrão de Aço nas disputas pelos estaduais, enquanto a equipe profissional entrava em campo por competições regionais e nacionais.

Bellintani explicou que o fim do projeto se deve à redução no número de competições. “Com a redução do número de competições, nossa decisão é não trabalhar mais com dois times diferentes. Durante janeiro, haverá o período de unificação. A partir de fevereiro, haverá um único grupo trabalhando sob liderança de Guto Ferreira. Nosso treinador sub-23, Bruno Lopes, passa a ocupar o cargo de auxiliar fixo da casa. Cargo que antes era ocupado por Cláudio Prates e estava vago desde então”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *