A situação contratual do atacante Gilberto tem agitado os bastidores do Bahia neste início de temporada. O camisa 9 tem contrato até o final de dezembro e o presidente Guilherme Bellintani já havia admitido que o clube atualmente não pode bancar uma renovação com os mesmos valores.

Na noite desta última quinta-feira (06), Bellintani voltou a comentar sobre o assunto, ao ser perguntado em entrevista à rádio Salvador FM 92.3, e reforçou as dificuldades do clube para conseguir a permanência do centroavante em 2022.

Questionado sobre a situação de Gilberto, o presidente do Esquadrão ressaltou que precisa ser ‘menos torcedor’ neste caso par anão prejudicar o clube financeiramente.

Ele também revela que já existem outros clubes interessados em contar com o centroavante, o que eleva ainda mais as dificuldades.

“Preciso ser muito presidente e menos torcedor. É difícil. Assim como não empolgo demais para fazer renovação irresponsáveis financeiramente, não deixo de lado quando o jogador está em uma fase menos empolgante. A gente tem conversado com empresário, com Gilberto. Há naturalmente disputa de outros clubes para 2022. Estamos conversando, mas sabendo da dificuldade financeira que é quando outros clubes entram na disputa”.

Gilberto teve contrato renovado pela última vez no início de 2020, quando recusou oferta do futebol japonês para permanecer no Esquadrão até o fim de 2021. Na ocasião, ele recebeu um aumento salarial e teve sua multa rescisória ampliada. Os dois valores são considerados como altos.



www.ecbahia.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.