Lesão no quadril tira canoísta Erlon Souza das Olimpíadas de Tóquio

Da Redação

Faltando apenas 21 dias para as Olimpíadas de Tóquio, o baiano Erlon Souza, um dos maiores nomes da canoagem de velocidade brasileira, anunciou na manhã desta sexta-feira (2) nas redes sociais que está fora dos jogos.

Erlon, que é natural de Ubatã, disputaria sua terceira Olímpiada. Na postagem, o canoísta contou emocionado que uma lesão no quadril não permite que ele tenha uma alta performance. “Hoje estou tecnicamente fora das Olimpíadas devida uma lesão no quadril. Nesta semana vi que não conseguiria chegar a alta performance. O tratamento até agora não foi suficiente”, explicou o canoísta.

Erlon Souza conquistou a medalha de prata nas Olímpiadas Rio 2016, na modalidade C2 1000, formando dupla com Isaquías Queiroz. O canoísta conquistou por três vezes ganhou a medalha de Ouro em jogos Sul Americanos, duas Pratas em Panamericano e várias medalhas em campeonatos mundiais, brasileiro, estadual e regional, na categoria velocidade, em dupla e individual.

“Vou adiar o sonho da medalha nas Olimpíadas de Tóquio, fazer a cirurgia, e pensar em subir no pódio em Paris 2024” , disse

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *