No SportsCentre da TSN nesta quarta-feira (27), Kyle Beach se identificou como o jogador que está no centro da investigação tanto policial quanto da NHL sobre as alegações de abuso sexual cometidos por Brad Aldrich, analista de vídeo do Chicago Blackhawks na época.

“Está sendo um passo gigante para mim, no meu processo de recuperação, de cura. Sou um sobrevivente e não estou sozinho. Infelizmente, não fui o único e não serei o único. Tentei enterrar isso durante 10, 11 anos e isso me destruiu por dentro. Quero que todo o mundo esportivo saiba que se isso acontecer com você, você não está sozinho e deve falar sobre o caso.”, completou Beach, hoje com 31 anos e jogando hóquei na Alemanha.

Leia a matéria completa no The Playoffs, parceiro do Metrópoles.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.