Grêmio inicia primeira de quatro finais para evitar rebaixamento

O Grêmio ainda tem chances de evitar o terceiro rebaixamento em sua história. Na noite desta sexta-feira (26/11), o time gaúcho faz um confronto direto com o Bahia e precisa desesperadamente da vitória.

Além dos baianos, o Imortal tem mais três decisões que decidirão seu futuro em 2022. Veja os adversários e como está a situação do clube gaúcho na luta contra a Série B:

Fazendo contas

O empate contra o Flamengo levou o Grêmio aos 36 pontos, um a menos que o Bahia, 17º colocado e último time na zona do rebaixamento. Os baianos têm um jogo a menos que os gaúchos. O Grêmio ocupa a 18ª posição. O Sport vem logo atrás, com 33.

Nas redes sociais, torcedores acusam o técnico Renato Gaúcho de ter “entregado” o jogo para o Grêmio. Treinador nega.

O Grêmio ainda tem 12 pontos a disputar, podendo chegar a 48 ao fim da competição, caso vença os quatro jogos até o término do certame. O Juventude, rival regional dos gremistas, é o primeiro time fora do Z4, com 40 pontos em 34 jogos.

Decisões

Logo após o Bahia, o Imortal terá mais três duros confrontos pela frente. Na próxima quinta-feira (2/12), enfrenta o São Paulo, em sua arena. O Tricolor segue na briga para evitar de vez o rebaixamento e o jogo também ganha ares de decisão também para o time paulista.

Depois do São Paulo, o Grêmio vai visitar o Corinthians. O Timão segue na briga pelo G4 e jogará com o apoio de sua fiel torcida. Os dois times se enfrentam no domingo (5/12).

E fechando a lista de finais, o clube gaúcho fecha sua participação no campeonato enfrentando o Atlético-MG, que provavelmente pode chegar ao duelo já com a taça em mãos.

Final em Salvador

Assim, com a corda no pescoço, o jogo desta sexta torna-se vital às pretensões do Grêmio para se manter na Série A em 2022. A partida é válida pela 36ª rodada do Brasileirão.

Com os três pontos, o Tricolor passa o Bahia na tabela, mas com um jogo a mais que os baianos. O empate mantém o Grêmio vivo, mas aumenta e muito a pressão para os próximos jogos, que podem culminar com o rebaixamento precoce da equipe.

Em caso de derrota, o Tricolor gaúcho terá que tirar quatro pontos de diferença de Bahia e Juventude nas últimas três rodadas, com os dois clubes com um jogo a menos, em uma situação mais do que desesperadora.

Para o duelo contra os baianos, o Grêmio se inspira na reação que teve contra o Flamengo. Com o desgaste gerado pela maratona de jogos, Vagner Mancini deve mexer no time, dando oportunidades a nomes como Borja e Vanderson. Lucas Silva e Jhonata Robert estão suspensos.

Bahia e Grêmio se enfrentam às 19h, com transmissão do Premiere.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *