A Globo e a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) chegaram a um acordo sobre os valores da rescisão de contrato dos direitos de transmissão da Copa Libertadores da América. Com isso, a emissora carioca poderá voltar a transmitir os jogos da principal competição do continente a partir de 2023.

O comunicado foi feito pela entidade máxima do futebol na América do Sul nesta segunda-feira (25/10). “Conmebol e Globo chegaram a um acordo e decidiram encerrar a arbitragem em curso na Suíça por conta da rescisão do contrato de direitos da Copa Libertadores de 2019 a 2022”, disse a Conmebol.

Apesar da disputa envolvida desde a decisão da Globo de interromper o contrato, a Confederação Sul-Americana de Futebol se mostrou contente com o desfecho. “O entendimento reforça o respeito que sempre caracterizou a parceria de longa data entre as duas instituições”. A Globo confirmou o teor da nota publicada ao Notícias da Tv.

A Conmebol cobrava U$$ 120 milhões (R$ 671 milhões na cotação atual) pela rescisão do contrato. Com o acordo extrajudicial, o canal poderá participar de novas licitações para adquirir direitos de transmissão das competições organizadas pela entidade.

Atual detentor dos direitos de transmissão na tevê aberta, o SBT tem a competição como principal produto de audiência na Grande São Paulo. Já nos canais a cabo, os canais do Grupo Disney são responsáveis pelos jogos. A Globo deve entrar na disputa em ambas as modalidades.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.