O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) já estavam traçando estratégias para fazer a final do Campeonato Carioca em Brasília, mas o plano falhou. Isso porque o gramado do Mané Garrincha não está em condições de receber Flamengo x Fluminense.

O Metrópoles obteve informações de um integrante do primeiro escalão do GDF de que a relva do estádio brasiliense não está em “condições técnicas” para ser palco da decisão do Carioca. A Arena BSB, empresa responsável pela administração do Mané Garrincha, no entanto, nega, e assegura que o campo está, sim, em bom estado.

“O gramado estava sendo preparado para o plantio de grama de inverno, mas que não é impeditivo para realização de jogo”, afirmou, por nota. O Flamengo não quis se manifestar.

Na segunda-feira (17/5), depois de ter confirmado à reportagem que estava trabalhando para trazer o clássico para Brasília, Ibaneis comentou ao Globoesporte.com a intenção de alterar o decreto em vigor no DF para permitir a presença de flamenguistas e tricolores no Mané Garrincha. “Devo fazer isso hoje (terça)”, disse o governador. No entanto, a mudança não deve ocorrer.

De acordo com o site, a decisão de descartar a arena brasiliense foi tomada em consenso entre a Ferj e os clubes na manhã desta terça-feira (18/5). Os motivos, além da alegação sobre o gramado, foram as dificuldades logísticas e a insatisfação do Fluminense sobre a presença de público.

gramado Mané Garrincha
Gramado do Mané Garrincha nesta terça-feira (18/5)

No jogo de ida no último sábado (15/5), o Rubro-Negro teve 150 convidados assistindo ao duelo das arquibancadas do Maracanã, número que resultou em multa da Secretaria Municipal de Saúde. Nesse primeiro jogo, o Fla-Flu ficou empatado em 1 x 1, com gols de Gabigol e Abel Hernández.

www.metropoles.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.