Escanteio SP lista 20 destaques do último Paulista que seriam bons reforços para seu time · Escanteio SP

Lista abrange jogadores que se destacaram nas Séries A2 e A3 deste ano e atuaram no segundo semestre

A cerca de dois meses do início das divisões de acesso do Campeonato Paulista, os clubes estão de olho no mercado para formar seus elencos de olho na disputa estadual. Diante deste cenário, o Escanteio SP decidiu montar uma lista com 20 jogadores que se destacaram neste ano durante as disputas das Séries A2 e A3 e seriam bons reforços para times que vão jogar esses torneios em 2022.

Para selecionar os nomes, o Escanteio SP levou em consideração, além do desempenho no último estadual, uma boa minutagem em torneios no segundo semestre, sobretudo em campeonatos de nível nacional. Confira a lista:

Rafael Pascoal

Rafael Pascoal fez uma ótima Série D pelo Joinville – Foto: Divulgação/JEC

Titular em 16 das 19 partidas do Rio Claro na Série A2, o goleiro, que foi um dos destaques de sua posição no torneio, se transferiu ao Joinville para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro e logo se tornou titular absoluto. Ele voltou a se destacar no time catarinense, tanto é que tem seu nome especulado no Botafogo-SP para o próximo Paulistão.

Marcelo Augusto

Marcelo Augusto atuou pelo Manaus na Série C – João Normando/FAF

Peça importante da surpreendente campanha do Rio Claro na última Série A2, o zagueiro de 28 anos fez 14 partidas na Série A2 e depois rumou para o Manaus, onde logo se tornou pilar do time que quase conseguiu o acesso à Série B. Foram 20 jogos ao longo da Série C.

Guilherme Teixeira

Guilherme Teixeira disputou as últimas duas edições de A3 pelo Noroeste- Foto: Bruno Freitas/ECN

Zagueiro-artilheiro, Guilherme Teixeira marcou oito gols nas últimas duas Séries A3 que disputou. Nesta temporada, ele foi titular em 16 dos 17 jogos do Norusca no torneio. Assim como em 2020, no decorrer do ano, o defensor de 29 anos foi para o Figueirense, onde atuou como titular do time na Série C e na conquista da Copa Santa Catarina.

Jean Pierre

Jean Pierre defendeu o Marília na última Série A3 – Foto: José Neto/MAC

Titular do Marília em 16 dos 17 jogos da Série A3, o zagueiro de 28 anos foi para o América-RN e atuou em 12 partidas da Série D. Ele foi titular em todos os jogos do mata-mata. O Mecão perdeu o acesso para o Campinense-PB nas quartas de final.

+ Apoie o Escanteio SP e receba indicações de apostas em competições do futebol paulista

Renato Barbosa

Renato Barbosa chegou a defender o SPAL, da Itália – Foto: Divulgação

Eleito para a seleção da Série A3 feita pelo Escanteio SP, Renato Barbosa foi titular em 17 jogos do Primavera no torneio. Na sequência, conquistou o acesso para a elite do Catarinense pelo Barra. Já no trimestre final da temporada, ele subiu para a elite do Goiano com o Morrinhos. O defensor de 23 anos foi titular na maioria dos jogos que realizou nos times de fora de São Paulo.

João Vitor

João Vitor defendeu a Caldense na Série C – Foto: Divulgação/Caldense

João Vitor foi mais um jogador do Primavera que se destacou na disputa da Série A3. Ele foi eleito para a seleção do campeonato feita pelo Escanteio SP e liderou as assistências da competição, com seis passes para gol. O lateral-direito de 23 anos disputou a Série D pela Caldense, onde logo tomou o posto de titular do time e atuou em 11 jogos. Está disputando a Segunda Divisão da Paraíba pelo CSP, time que detém seus direitos e está na semifinal. Ele marcou cinco gols em oito jogos.

Magno

Magno defendeu o Bangu antes de ir ao Rio Claro – Foto: Emerson Pereira/Bangu

Volante com bom poder de marcação e saída de jogo, Magno foi um dos responsáveis pela surpreendente campanha do Rio Claro na Série A2. Foram 16 jogos como titular. No segundo semestre, o meio-campista de 28 anos atuou pelo Passo Fundo na divisão de acesso do Campeonato Gaúcho e na Copa Federação Gaúcha.

Raphael Luz

Raphael Luz fez seis gols ao longo da Série A2 – Foto: Dorival Rosa/Portuguesa

O meia de 32 anos foi o vice-artilheiro da Série A2 com seis gols em 16 jogos, mas perdeu espaço na Portuguesa ao longo da Série D, tanto é que rescindiu seu contrato antes do fim da temporada. Ele foi jogar a terceira divisão de Goiás pelo União Inhumas, marcando cinco gols em quatro jogos.

Thiago Primão

Thiago Primão tem dois acessos consecutivos para a elite do futebol paulista – Foto: Gabriel Goto/SBFC

O meio-campista vem de dois acessos paulistas em sequência. Em 2020, subiu com o São Bento. Em 2021, ganhou a A2 pelo São Bernardo, onde atuou em 17 jogos durante a campanha. O jogador de 28 anos disputou a Série C do Brasileiro pelo Floresta, atuando em 12 partidas.

Léo Artur

Léo Artur está jogando a Série B pelo Sampaio Corrêa – Foto: Divulgação/Sampaio Corrêa

O meia de 26 anos fez 14 partidas pelo Oeste na última Série A2, marcou cinco gols e deu duas assistências. Não à toa entrou para o seleção do campeonato feita pelo Escanteio SP. Após não conseguir ajudar o Oeste a se safar do rebaixamento na Série C, ele rumou para o Sampaio Corrêa, onde jogou 12 partidas na Série B, marcando três gols e dando uma assistência.

Patrick Allan

Patrick Allan foi um dos destaques da última Série A3 – Foto: Divulgação

Após passagem de sucesso pelo futebol coreano, Patrick Allan fez uma Série A3 excepcional pelo Barretos, entrando na seleção do campeonato montada pelo Escanteio SP. O meia de 26 anos marcou três gols e deu três assistências na competição. Na Série D, ele foi o 12º jogador do América-RN, onde disputou 13 jogos, sendo 10 saindo do banco de reservas. Repetiu a dose e marcou três gols.

Lucas Douglas

Lucas Douglas fez 35 partidas pela Portuguesa nesta temporada – Foto: Dorival Rosa/Portuguesa

Bastante rodado no futebol paulista, Lucas Douglas foi um dos jogadores que mais atuou pela Portuguesa na temporada. Na Série A2, foram dois gols e duas assistências em 14 jogos, mesmo saindo do banco de reservas na maior parte da competição. Na Série D e na Copa Paulista, o atleta de 27 anos ganhou mais espaço e foi o artilheiro do time na temporada, com nove gols em 35 jogos.

Zeca

Zeca manteve o Londrina vivo na luta contra o rebaixamento na Série B – Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina EC

O atacante de 24 anos foi titular do Oeste em 12 jogos da Série A2 e marcou três gols. Após cair com o time de Barueri na Série C, Zeca foi contratado pelo Londrina e tem sido um dos pilares do time. O centroavante marcou três gols e deu três assistências, ajudando o Tubarão a se manter vivo na luta contra o descenso na Série B.

Deivid

Deivid jogou a última Série A2 pelo Água Santa – Foto: Michael Sanches/Água Santa

Atacante de lado de 33 anos e rodado em equipes do futebol paulista, Deivid foi uma espécie de 12º jogador do Água Santa na última Série A2, quando atuou em 13 jogos, sendo 10 saindo do reservas. Foram dois gols e uma assistência nessas partidas. Na sequência do ano, reforçou o Oeste na Série C, onde logo assumiu o posto de titular, mas não conseguiu ajudar o Rubrão a evitar o descenso.

João Marcos

João Marcos fez uma boa Série A3 pelo CAV – Foto: Rafael Bento/CAV

Atacante de lado de campo, o jogador foi um dos destaques do Votuporanguense na última Série A3 e por pouco não entrou na seleção do campeonato feita pelo Escanteio SP. Foram 16 jogos, três gols e uma assistência. Na sequência do ano, rumou para o ABC-RN, onde foi o 12º jogador do time que conquistou o acesso para a Série C. Ele disputou 13 partidas, sendo 10 saindo banco de reservas.

Joãozinho

O meia-atacante de 31 anos foi um dos destaques do Marília na Série A3, com três gols e três assistências. No segundo semestre, conquistou o título da segunda divisão do Catarinense com o Barra, marcando seis gols em 17 jogos.

Joãozinho participou diretamente de seis gols do MAC na Série A3 – Lucas Daquino/Marília AC

Rafael Tanque

Rafael Tanque foi o vice-artilheiro da última Série A3 – Foto: Rafael Alves/Comercial FC

Vice-artilheiro da Série A3 com oito gols em 12 jogos pelo Comercial e eleito pelo Escanteio SP para a seleção do campeonato, Rafael Tanque ainda disputou a divisão de acesso do Campeonato Carioca pelo Artsul, a Série C pelo Volta Redonda e a Segunda Divisão do Paraense pelo Amazônia Independente no restante do ano. Em todos os times que passou na temporada, o centroavante de 29 anos deixou pelo menos um gol. Ele fez 38 partidas até aqui no ano e atingiu a marca de 14 gols.

Alvinho

Alvinho fez uma boa Série A2 pelo Juventus – Foto: Ale Vianna/CA Juventus

O atacante de 29 anos é figurinha carimbada no futebol paulista e sempre deixa seus gols. Nesta temporada, foram três pelo Juventus em 10 jogos. Na sequência do ano, ele se transferiu o América-RN, onde marcou sete gols em 13 jogos na Série D. O time potiguar bateu na trave, perdendo o acesso nas quartas de final.

Will Viana

Will também disputou a última Série A2 pelo Juventus – Foto: Ale Vianna/CA Juventus

Mesmo com apenas 22 anos, Will Viana foi um dos principais, senão o principal, nome do Juventus na Série A2. Atacante de lado do campo, mas que tem boa capacidade de criação para jogar mais centralizado, o jogador marcou quatro gols e deu duas assistências em 13 jogos na Série A2. Ele disputou a Série D pelo Santo André. Foram 15 jogos e dois gols pelo clube onde tem contrato até do ano que vem. Caso o Ramalhão decida não utilizá-lo na A1, seria um bom nome para times da A2.

Luiz Fernando

Luiz Fernando jogou a Série A2 pelo Taubaté – Foto: Caíque Toledo / EC Taubaté

O Taubaté não fez uma boa Série A2, mas Luiz Fernando conseguiu se destacar. Veloz, driblador e versátil para atuar tanto no centro do ataque quanto na ponta, o jogador de 23 anos fez quatro gols em 11 jogos na competição e foi importante para o Burro se safar do rebaixamento sem maiores problemas. No segundo semestre, Luiz Fernando, que pertence ao Tombense, foi emprestado ao Brasil de Pelotas, onde não teve muitas oportunidades na Série B do Brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *