Mauricio Souza foi cortado do Minas na tarde desta quarta-feira (27/10) após pressão de patrocinadores do clube devido a postagens homofóbicas e transfóbicas que fez em suas redes sociais.

Nas redes sociais, o jogador de vôlei agradeceu os companheiros e a comissão técnica e disse que seguirá plantando o que acredita e que seu legado continua. “O que deixarei para meus filhos e netos é o que conta no final”, finalizou.

Nos comentários, Mauricio recebeu apoio de diversos atletas. Entre eles, Nenê Hilário e Felipe Melo. “Irmão, nunca de ninguém remover os nossos valores (sic) Tamo junto e se Deus é por nós, quem será contra nós? Vencendo para todo sempre Cristo, família e o próximo!”, escreveu o jogador de basquete.

“Você é um homem de valor, conte sempre comigo. Deus abençoe você e os seus”, escreveu o palmeirense.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.