Dirigentes da CBF pressionam saída de Caboclo da presidência da entidade

Da Redação

A crise na CBF ganhou novos contornos com as denúncias de assédio sexual e moral que pesam contra o presidente da entidade, Rogério Caboclo.

Diante da denúncia, dirigentes da CBF pressionam Caboclo para que ele deixe o cargo. Segundo o site GE, a maioria dos diretores da entidade, incluindo o secretário-geral, Walter Feldman, defende o afastamento imediato do presidente de Rogério Caboclo.

Ele foi acusado por uma funcionária de assédio moral e assédio sexual. A denúncia foi feita ao Conselho de Ética da CBF.

A crise acontece em meio a outra crise, que é o posicionamento já conhecido de jogadores e comissão técnica da seleção contra a realização da Copa América no Brasil.

Patrocinadores da CBF começam a manifestar incômodo com a situação. Segundo o blog do jornalista Rodrigo Mattos, no portal UOL, seis deles pediram uma resolução rápida do caso.



www.todabahia.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *