O jogador Didi Louzada, brasileiro que atua no New Orleans Pelicans, foi afastado pela NBA por 25 jogos após ser flagrado no exame antidoping. O jogador testou positivo para o uso de testosterona e drostanolona.

Segundo o jogador, as substâncias foram ingeridas por orientação de sua nutricionista, com quem se consultou durante as férias no Brasil. Ele conta que as ingeriu em vitaminas, mas não fez o uso delas de forma intencional.

“Como ela (nutricionais) tem um histórico de trabalho com atletas profissionais, eu nunca iria imaginar que nos produtos recomendados havia substâncias que são proibidas pela NBA. Assim que soube do diagnóstico positivo, imediatamente passei a cooperar com a liga e o sindicato dos atletas para entender o que aconteceu exatamente”, salientou.

Didi pediu desculpas aos companheiros e torcedores da franquia de New Orleans. Aos 22 anos, o brasileiro foi draftado em 2019. O armador já atuou por duas temporadas no Sydney Kings, na Austrália, e retornou ao fim da última temporada.

O Pelicans joga nesta sexta-feira (19/11) contra o Los Angeles Clippers às 22h.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.