Na vida temos momentos de alegrias, nostalgias, tristezas, análises, explosões, abatimentos, inúmeros sentimentos. Nesta semana que passou tipo de 21 para 22, aconteceu o falecimento do amigo, jornalista de escola, professor de jornalismo, expert em política e esportes, dá área da polícia o amigo Irani Gomes de Lima. Ele participou muitos anos em vários jornais de Taubaté, S. José Litoral, e deu aula até em faculdades.

Nas emissoras esteve na Cacique e Difusora e acredito em algumas de S. Jose e sempre bem conceituado. Participou comigo e com outros na Difusora Taubaté em grandes jornadas e ao lado de vários colegas de equipe nas transmissões e programas.

Tenho um pouco de dúvida de seu time de preferência além do Taubaté, mas sentia que no Brasil seu time era o S. Paulo. Seguindo a correntes e tive muitos diálogos com ele que nunca foi agressivo, contundente, teimoso, e discutia na boa e mantinhas suas opiniões e não abria a mão. Eu gostava do seu e estilo.

Na Difusora foi um ótimo repórter com conhecimentos e domínio do que falava. Trabalhamos em várias equipes já que ninguém podia toda vez. No Maracanã enfrentou o gramado sozinho no meio campo sendo até ovacionado em Jogo de Brasil e Inglaterra. Inúmeros espetáculos estivemos juntos.

Gostaria de apresentar uma homenagem ao amigo Irani Gomes de Lima, um dos maiores espetáculos do futebol, numa partida fantástica em decisão do Campeonato Brasileiro de futebol de 1986, quando lá estivemos Irani Lima, repórter Adilson Barbosa comentarista e Getúlio Mendes de Almeida, narrador e acho que com o competente TOM Mix técnico de som, pela Equipe da Difusora.

O principal foi em Campinas no Brinco de Ouro da Princesa. Decisão do campeonato Brasileiro entre Guarani F. C. e S. Paulo F.C, segunda partida da Decisão. A primeira foi no Morumbi dando empate de 1×1 gols de Evair e Careca. Pois bem, no segundo jogo, estádio lotado, e tivemos grandes emoções, jornada histórica. O Irani lá embaixo, no campo, e nós, na arquibancada, bem localizados.

O jogo teve no tempo regulamentar o resultado de 1 x1 com gols de Nelsinho contra e Bernardo os dois do S. Paulo. Na prorrogação e no primeiro tempo, gols de Pita para o S. Paulo e Boiadeiro para o Guarani. Segundo tempo da prorrogação, João Paulo marca para o Guarani e quase no final, no apagar das luzes, lançamento de Wagner Basílio para Pita, que de cabeça, coloca nos pés de Careca que numa bomba de pé esquerdo empata para o S. Paulo em gol de placa e sensacional, uma pintura. Fim de jogo 3 x 3 e vamos para os pênaltis.

Boiadeiro chuta e Gilmar do S. Paulo defende Careca perde
Tosin marca e Dario Pereira também faz. João Paulo chuta para o alto e Romulo coloca o tricolor a frente.
Valdir Carioca e Fonseca marcam
Evair marca empatando a prorrogação
Wagner Basílio chuta fraco com o goleiro Sergio Nery do Guarani tocando a bola e ela entrando mansamente dando o título ao S. Paulo F.C
Final 4 x 3 tricolor Campeão do campeonato Brasileiro de 1986.
Técnico Pepe
Foi um jogo, uma disputa das mais acirradas e emocionantes com várias variações, partida fantástica e antológica, sensacional, com o Irani repórter no campo deitando e Rolando em uma das soberbas participações do nosso atento profissional. Tenho a impressão que foi a melhor jornada do talento do Irani Gomes de Lima. Abaixo os times.
S. Paulo F.C Gilmar, Fonseca, Wagner Basílio, Dario Pereira e Nelsinho
Bernardo, Silas e Pita
Muller, Careca e Sidnei
Guarani F.C.
Sergio Nery, Marco Antônio, Ricardo Rocha , Valdir Carioca e Zé Mario
Tosin e Tite
Boiadeiro, Evair e João Paulo , Catatau
Técnico Carlos Gainete
Para encerrar uma das tiradas do Irani.

Em um jogo na cidade de Ribeirão Preto, um calor tremendo e na cidade, antes do jogo, eu perguntei ao Irani. Amigo Irani, vamos tomar um chopinho e comer uns petiscos no famoso bar do Pinguim. Irani, parou, pensou e respondeu a mim: Adilson vou fazer um sacrifício !!!!!!

Adilson Barbosa

Esta é nossa homenagem pelo jornal Diário de Taubaté e da coluna Reminiscências, a pedido da Iára de Carvalho, onde Irani escreveu por muito tempo. Deixou rastros de seu trabalho e foi um grande amigo e companheiro. Tive prazer e honra em trabalhar com este profissional nos Jornais e nas rádios. Convidado por mim, participou comigo no Programa Transparência que realizo e apresento pela TV Cidade em uma das suas entrevistas com toda sua categoria e talento
Vai com Deus cara, pois Ele te espera.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.