Contestado, Renato pode marcar nome na história do futebol brasileiro

Desde que chegou ao Flamengo, em julho deste ano, o técnico Renato Gaúcho enfrenta momentos de altos e baixos, principalmente por conta dos últimos resultados no Campeonato Brasileiro e pela eliminação na Copa do Brasil. No entanto, em meio a uma indefinição sobre a permanência no cargo, o treinador pode marcar o nome na história do Rubro-Negro e também do futebol brasileiro.

0

Em números individuais, o comandante rubro-negro se consolidou como um dos maiores do continente. Se vencer a final contra o Palmeiras, neste sábado (27), às 17h, Renato será o terceiro treinador que já conquistou o título da Copa Libertadores da América por duas equipes diferentes. Em 2017, faturou a taça pelo Grêmio.

Na história do futebol brasileiro, apenas dois nomes conseguiram alcançar este feito: Felipão e Autuori. Luis Felipe Scolari ergueu a taça da Libertadores pelo Grêmio, 22 anos antes de Renato, em 1995, e pelo Palmeiras, em 1999. Já Autuori faturou os títulos internacionais pelo Cruzeiro e também pelo São Paulo, em 1997 e 2005, respectivamente.

Com 50 vitórias, é o que mais saiu vencedor na história da Libertadores. Renato está à frente de outros grandes nomes como Gabriel Ochoa Uribe (49), Luís Cubilla (46), Gastón Máspoli (44) e Carlos Bianchi (44).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *