O Conselho Deliberativo do Sport recebeu e protocolou o pedido de exclusão do advogado e conselheiro do clube, Flávio Koury, que na última semana fez comentários homofóbicos contra o ex-participante do BBB21 Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor. A confirmação foi feita pelo presidente do órgão, Pedro Leonardo Lacerda, segundo informação divulgada pelo Jornal do Commercio.

Ainda de acordo com a publicação, a petição foi apresentada e solicitada pelo conselheiro e deputado estadual Romero Albuquerque (PP). O parlamentar também teria sido o responsável pela divulgação do áudio em que Flávio Koury faz comentários homofóbicos contra Gil.

De acordo com as informações fornecidas por Pedro Lacerda, esse era o único pedido de exclusão enviado ao Conselho do Leão da Ilha. A publicação do Jornal do Commercio dá detalhes de como será a tramitação da formação do Conselho de Ética e da possível punição ao conselheiro.

Relembre o caso

O ex-BBB e torcedor do Sport visitou a Ilha do Retiro na última quarta-feira (12/5) a convite do clube. Sucesso nas redes sociais, Gil do Vigor recebeu camisa do Sport, um leão de pelúcia, conheceu as dependências do estádio e fez a sua dancinha “tchaki tchaki”. A ação foi divulgada nas redes sociais do Sport e criticada de maneira homofóbica por Flávio Koury e Renan Valeriano, conselheiros do clube.

Como resposta, os atletas do Leão homenagearam Gil usando camisetas alusivas ao economista na primeira partida da final do Pernambucano.

www.metropoles.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.