indexbahia
Fonte: Divulgação / Independiente

O Bahia visitou o Independiente, nesta terça (18), e perdeu por 1 a 0. Jogando no Estádio Libertadores de América, na cidade de Avellaneda

A derrota tira o Esquadrão da liderança do grupo B e o coloca, neste momento, em segundo lugar, com oito pontos. Já o time argentino alcança os 11 pontos e jogará contra o Guabirá dentro de casa na última rodada.

O City Torque tem cinco pontos e ainda joga nesta rodada, podendo empatar em número de pontos com o Esquadrão. O Bahia encara o time uruguaio na próxima quarta (26), pela sexta e última rodada da fase de grupos.

O JOGO

A primeira chance foi tricolor. Aos 11 minutos, Gilberto chegou perto de colocar o Tricolor em vantagem, mas a cabeçada balançou as redes pelo lado de fora.

Em resposta à primeira chegada tricolor, o Independiente arriscou de longe com Sebastián Palacios. Douglas tentou espalmar, mas a bola escorregou de suas mãos e passou por cima do travessão.

Ao longo da primeira etapa, o time argentino tinha a posse de bola por mais tempo e tentava pressionar o Bahia, que dificultava as ações ofensivas do adversário e buscava contra-golpes pelas laterais.

Aos 23 minutos, um contra-ataque tricolor quase terminou em gol. Rossi recebeu bola na ponta direita e cruzou rasteiro para o centro da área. Thaciano chutou forte, mas por cima do travessão.

Na reta final do primeiro tempo, o Independiente já dominava as ações da partida e conseguia jogar no campo ofensivo, enquanto o Bahia encontrava dificuldades para organizar jogadas no meio-campo. Apesar disso, foi o Bahia quem finalizou mais vezes na etapa inicial.

SEGUNDO TEMPO

Diferentemente de como terminou a primeira etapa, o Bahia foi quem assumiu o controle da posse de bola e do jogo ofensivo nos primeiros minutos de segundo tempo. Inclusive balançando as redes aos cinco minutos, mas o lance foi anulado por impedimento.

Mais presente no campo de ataque, o Tricolor levou perigo em finalizações aos 11 e 14 minutos. No primeiro lance, Rodriguinho chutou de longe e viu a bola passar por cima do travessão. Já na segunda jogada, o zagueiro Juninho cabeceou ao lado da trave após escanteio.

O Bahia levava plena vantagem em bolas paradas ofensivas. Aos 21 minutos, Juninho cabeceou mais uma vez, mas a bola parou acima do travessão. Foi quase!

Pressionado em seu campo de defesa, o Independiente só conseguiu levar perigo aos 26 minutos, quando Velasco chutou forte. A bola passou bem perto do gol defendido por Douglas.

Apesar de o Bahia ter pressionado na maior parte do tempo no segundo tempo, foi o Independiente quem balançou as redes aos 37 minutos.

Após cruzamento para a grande área tricolor, Douglas e Thonny Anderson se atrapalharam de maneira bizarra, com o goleiro tentando afastar e a bola batendo no atacante. Gol contra.



www.ecbahia.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.