Com chance remota, veja o que o Bahia precisa na Sul-americana

Clique aqui e se inscreva no Canal ecbahiapontocom no Youtube!
-->


Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após derrota para o Independiente, por 1 a 0, nesta última terça-feira (18), as chances de classificação do Bahia foram reduzidas a quase zero. A missão na última rodada será de vencer e depender de um “milagre” na Argentina.

O Esquadrão viajou para a cidade de Avellaneda ocupando a liderança do grupo B, mas empatado em número de pontos com o Independiente. Com a derrota, ficou três pontos atrás da equipe vermelha da Argentina.

Faltando apenas uma rodada na fase de grupos, o Bahia precisa da seguinte combinação de resultados para se classificar:

  • Primeiramente, vencer o Montevideo City Torque em Pituaçu; e
  • Torcer para que o Guabirá, pior time do grupo, consiga vencer o Independiente na Argentina.

O “Rei de Copas” tem a vantagem de empatar com o time boliviano para ficar com a primeira posição e única vaga na segunda fase.

Após a partida, o clima nas entrevistas do Bahia foi de decepção e de praticamente aceitar a eliminação.

Dado Cavalcanti falou, em entrevista coletiva, que o Esquadrão vai entrar em campo para fazer a sua parte contra a equipe uruguaia, independentemente do que aconteça no outro jogo da chave.

Regulamento da fase de grupos da Sul-americana

Diferentemente da Copa Libertadores, a Sul-americana garante apenas o primeiro colocado como classificado para a fase de mata-mata da competição.

Os oito melhores de cada um dos grupos irão enfrentar os terceiros colocados das chaves da Libertadores, em fase de oitavas de final.

Segundo a Conmebol, a ideia é de aumentar a competitividade da Sul-americana ao levar times que estavam disputando a principal competição continental.

Já os times que ficarem em segundo lugar na Sul-americana ganharão 120 mil dólares como premiação extra.

Sendo assim, mesmo que não seja possível avançar em primeiro lugar a segunda colocação vale cerca de R$ 630 mil como “prêmio de consolação”.



www.ecbahia.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *