COB critica seleção brasileira de futebol por não usar agasalho no pódio e vai levar caso à Justiça

Da Redação

Quem acompanhou a entrega da medalha de ouro ontem à seleção brasileira de futebol observou que os jogadores não vestiram o agasalho que faz parte do uniforme do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A entidade criticou a atitude dos jogadores e, segundo o site GloboEsporte.com, vai acionar a CBF na Justiça por conta do caso.

Jorge Bichara, diretor de esportes do COB, ressalta que o desempenho esportivo da seleção é bastante satisfatório, mas criticou a condução da CBF no caso.

O presidente da entidade, Paulo Wanderley, garantiu que o imbróglio não vai interferir na premiação dos jogadores.

Por conta da atitude dos jogadores, o COB emitiu uma nota na manhã de hoje, com críticas à CBF.

A nota não dá detalhes dos próximos passos, sob a justificativa de que a atenção está voltada para a “manutenção dos trabalhos que resultaram na melhor participação brasileira na história das Olimpíadas”.

“Por este motivo, apenas após o encerramento dos Jogos, o COB tornará públicas as medidas que serão tomadas para preservar o Movimento Olímpico, dos demais atletas e dos nossos patrocinadores”.

No agasalho, constava a marca do principal patrocinador do COB, a Peak, enquanto a seleção tem o patrocínio da Nike.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *