O ex-jogador e comentarista dos canais Globo, Walter Casagrande, lamentou os ataques que vem sofrendo após se posicionar contra Maurício Souza, ex-atleta do Minas Tênis Clube e demitido após uma série de comentários homofóbicos nas redes sociais.

Casagrande vem sendo duramente criticado nas redes sociais pelo posicionamento e atacado devido ao passado de uso de drogas.

“Depois do caso Mauricio Souza, os preconceituosos começaram a me atacar do jeito de sempre, usando minha doença como agressão. Eu fiquei um ano internado, de setembro de 2007 a outubro de 2008. Saí de alta e continuei meu tratamento até chegar ao ponto em que estou hoje. Não bebo, não fumo, obviamente não uso drogas e não costumo estar na rua de madrugada”, disse o comentarista ao site Globo Esporte.

“Tudo que o gado e os robôs estão falando é por puro ódio e ignorância. Essas pessoas ficam loucas de raiva quando são expostas pelos crimes que cometem. E aí demonstram todo seu ódio atacando quem eles consideram a pessoa que mais expôs a verdade naquele momento”, concluiu.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.