Da Redação

Brasil e Equador se enfrentaram nesta quinta-feira (27), em Quito, pela 15ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022. Mas além de enfrentar o adversário, a equipe brasileira teve que lidar com uma arbitragem desastrosa do juiz colombiano Wilmar Roldán. O placar foi de 1 a 1.

Ao todo quatro intervenções do VAR foram necessárias para salvar o time canarinho da arbitragem equivocada de Roldán. Casemiro abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo aproveitando sobra na pequena área, e Félix Torres igualou aos 29 da etapa final de cabeça após cobrança de escanteio.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.