Clique aqui e se inscreva no Canal ecbahiapontocom no Youtube!
-->


Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A marcação da partida de ida da semifinal do Campeonato Baiano para este sábado (08), às 19h30, entre Bahia e Bahia de Feira, segue gerando polêmicas, devido ao Esquadrão ter uma final de Copa do Nordeste marcada para o mesmo dia, às 16h.

Em entrevista à rádio Salvador FM 92.3, o presidente Guilherme Bellintani afirma que as decisões da FBF estão prejudicando o Tricolor. Ele também citou Ignácio como exemplo de desfalque para a partida da semifinal, tendo em vista que o defensor precisou viajar para compor o banco de reservas em Fortaleza.

“Para o torcedor é melhor ver um jogo no sábado e um no domingo; em questões de logística e estrutura do clube, é limitada para fazer dois jogos no mesmo dia sendo que uma parte dessa estrutura está em Fortaleza; terceiro pela questão de jogador. Um exemplo é o Ignácio, zagueiro titular do time de transição, e precisou viajar para Fortaleza porque Luiz Otávio está suspenso. Essa marcação de jogo no mesmo dia prejudica o clube”.

Para Bellintani, está havendo um tratamento inadequado da Federação Bahiana de Futebol com o Esprote Clube Bahia.

“Houve, no nosso entendimento, um tratamento inadequado ao Bahia. Não que a gente queria um tratamento diferenciado, mas a gente entendeu que o alongamento do Campeonato Baiano e adiamento da última rodada por mais de uma semana veio a prejudicar o Bahia porque essa semana seguinte ao planejamento original de encerramento da fase classificatória, foi uma semana muito dura, como está sendo”.

“São quatro jogos na última semana e esse jogo do Campeonato Baiano não estava programado originalmente, foi adiado para essa semana, para que o Vitória conseguisse fazer seus jogos num intervalo maior e o Bahia jogando praticamente dia sim e dia não no Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Sul-Americana”.

O Bahia já enviou um ofício à FBF solicitando a mudança da data da partida de ida da semifinal para domingo (09).

“A minha luta é pelo direito do clube. Eu sou presidente do Bahia e enquanto eu for presidente do Bahia vou lutar até o fim pelos direitos do Bahia”, finaliza o dirigente tricolor.



www.ecbahia.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *