Clique aqui e se inscreva no Canal ecbahiapontocom no Youtube!
-->


Fonte: Reprodução / Whatsapp

Na manhã deste sábado (08), vídeos e fotos circularam nas redes sociais de uma “reunião” entre membros da torcida organizada Bamor, dirigentes e atletas do Bahia no gramado do CT Evaristo de Macedo.

Após o ocorrido, a assessoria de comunicação tricolor publicou um comunicado repudiando o que teria sido uma invasão ao CT, além de ameaças.

O clube pretende usar as imagens gravadas pelo DADE, que faz as filmagens de todos os treinamentos, junto com os vídeos publicados nas redes sociais, para prestar queixa, segundo informa o portal GE.

“O Bahia repudia o episódio uma vez que esta gestão nunca se negou ao diálogo com a Bamor. A torcida organizada teve acesso liberado ao CT em todas as vezes que havia solicitado. Desta vez não solicitou, o que se trata de algo extremamente lamentável. O clube sempre se mostrou aberto ao torcedor, mas casos assim vão de encontro a esse tipo de relacionamento, especialmente em um momento de início de temporada”.

Na invasão ao CT, membros da Bamor fizeram afirmações como: “tem que ser homem, tem que ter culhão porque essa p… aqui é Bahia”.

Já em um dos vídeos é possível ouvir: “a gente vai ficar fungando em cima de vocês. Vai procurar residência, vai vir aqui direto com o buzu”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *