O Bahia pode jogar com os portões fechados na próxima partida, que acontece na quarta-feira (26), contra o Doce Mel, na Arena Fonte Nova, pela terceira rodada do Campeonato Baiano.

De acordo com a cúpula tricolor, a operação para receber apenas 1.500 torcedores pode gerar prejuízo ao clube. A diretoria do Bahia tem reunião marcada com a gestão da Arena na próxima segunda-feira (24), para resolver o assunto.

A medida que limita o público nos estádios a 1.500 torcedores foi publicada na sexta-feira (21) e entra em vigor na segunda-feira. A gestão do Bahia calcula que a operação para receber essa quantidade de torcedores custa mais de R$ 100 mil.

Conforme o Globo Esporte, caso a partida não tenha público, a Arena é a responsável pelo custo do jogo. Por outro lado, se tiver público entre 1 pessoa e 50% do estádio (cerca de 20 mil pessoas), é o Bahia que assume as despesas. A partir de 50% da lotação, o custo é dividido entre as duas partes.

O Campeonato Baiano começou com o limite para três mil pessoas. Diante de menos de mil torcedores, a operação final da partida gerou um prejuízo de R$ 63.819,27 ao Bahia.

A partida entre Doce Mel e Bahia está marcada para a próxima quarta-feira, às 16h (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova. O jogo deve ser o primeiro do Tricolor com o time principal.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.