Além de adiar por mais de um ano os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, a pandemia de covid-19 também alterou a rotina de treinos e competições dos atletas. Ainda assim, o grupo que vai representar o Brasil encara com otimismo a reta final de preparação para o megaevento esportivo, previsto para julho.

Durante coletiva de imprensa virtual, nesta quarta-feira, oito atletas falaram sobre a expectativa para esse ciclo olímpico. O grupo faz parte do Time Petrobras, composto atualmente por 22 esportistas brasileiros, que recebem patrocínio direto da estatal. Verônica Hipólito, do paratletismo, acredita que essa edição pode ser a mais forte de todos os tempos.

A velejadora Martine Grael, medalha de ouro nos Jogos do Rio, em 2016, ao lado da sua dupla, Kahena Kunze, disse que aproveitou o tempo a mais de treino para ajustar detalhes.

O Time Petrobras foi criado pela companhia em 2015 e conquistou 20 medalhas no último ciclo olímpico. A lista atual de patrocinados inclui 17 atletas e cinco paratletas, todos de alto rendimento e que integram a elite do esporte brasileiro. Entre eles, Daniel Dias, maior medalhista da história da natação em Paralimpíadas. Ele,que vai se despedir das piscinas em Tóquio, acredita que a competição pode levar um pouco de esperança para o mundo.

Os Jogos Olímpicos, adiados por um ano por causa da pandemia de covid-19, estão previstos para ocorrer entre 23 de julho e 8 de agosto. Já os Jogos Paralímpicos devem ser realizados um pouco depois, entre 24 de agosto e 5 de setembro.

agenciabrasil.ebc.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.