O Vitória informou na manhã desta segunda-feira (10) que as atividades na Toca do Leão estão paralisadas em função de um surto de Covid-19. Sete atletas e oito membros da comissão técnica testaram positivo para a doença.

Os jogadores David, Jeferson Renan, Alan Santos, Mateus Morais, Dinei, Caíque e Carlos estão com coronavírus, assim como os assistentes técnicos Pedro Gama e Ricardo Silva, os preparadores Leonardo Fagundes e Rodrigo Santana, os treinadores de goleiro Itamar Ferreira e Victor Muller (base), além de Willian Jesus, que trabalha no setor de inteligência. O diretor de futebol Alex Brasil também está infectado.

De acordo com o clube, todos os contaminados estão assintomáticos e os exames serão repetidos na quinta-feira (13). O elenco rubro-negro estava concentrado na Toca do Leão desde o último dia 3, quando foi iniciada a temporada 2022.

As atividades no centro de treinamento foram suspensas nesta segunda e uma nova programação ainda será redefinida. Os jogadores foram liberados da concentração e apenas os atletas infectados permaneceram na chácara Vidigal Guimarães.

Leia na íntegra o comunicado oficial publicado pelo Vitória:

O Esporte Clube Vitória informa que suspendeu as atividades do Futebol Profissional nesta segunda-feira (10) pois alguns atletas e membros da comissão técnica testaram positivo para a COVID-19.

O departamento médico já adotou as providências preliminares, enquanto o futebol irá redefinir a programação para a semana que se inicia hoje. O Vitória estreia domingo próximo (16) contra a Juazeirense, no Campeonato Baiano, às 16 horas, no Barradão.

O regime de internato iniciado dia 3 de janeiro, por ocasião da reapresentação do grupo, foi suspenso e somente permanecem na chácara Vidigal Guimarães os atletas infectados. O clube já providenciou a higienização completa do local.

Testaram positivo os jogadores David, Jeferson Renan, Alan Santos, Mateus Morais, Dinei, Caíque e Carlos.

Os assistentes técnicos Pedro Gama e Ricardo Silva, os preparadores Leonardo Fagundes e Rodrigo Santana, os treinadores de goleiro Itamar Ferreira e Victor Muller (da base) e Willian Jesus (do Setor de Inteligência). O diretor de futebol Alex Brasil também está infectado.

O teste foi realizado domingo pela manhã pelo laboratório Brasil TOX e o clube vem repetindo, neste início de temporada, os exames com intervalo de 72 horas.

Todos os contaminados estão assintomáticos e, de acordo com Dr. Ivan Carilo Pinto, gerente médico, os exames serão repetidos na próxima quinta-feira (13).

Foto: Pietro Carpi / E.C. Vitória

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *