briga1
Fonte: Thiago Gadelha / SVM

Nesta quarta-feira (02), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva realizou o julgamento sobre a confusão ocorrida após a final da Copa do Nordeste, no Castelão.

Na ocasião, uma briga generalizada aconteceu no gramado no início da comemoração tricolor pelo título regional conquistado nos pênaltis.

Pelo lado do Bahia, o lateral Nino, o zagueiro Juninho e o meia Daniel foram os atletas denunciados pela Procuradoria.

A maior punição ficou para Nino. São 7 jogos de suspensão para o lateral-direito. Ele já estava suspenso preventivamente e desfalcou a equipe em duas partidas, restando cinco de pena.

Juninho e Daniel receberam 6 partidas de suspensão, cada um.

As partidas de suspensão serão cumpridas em jogos válidos por competições organizadas pela CBF. Portanto, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Já o Esporte Clube Bahia também recebeu punição de R$ 15 mil por infrações cometidas.

Pelo lado cearense, Mendoza levou 8 jogos de punição. Jael foi punido com 7 partidas e Gabriel Dias recebeu 6 jogos de pena.



www.ecbahia.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.